Bonsucesso F.C. sofre derrotas dentro e fora do campo

Rubro-Anil já está no ‘Grupo da Morte’ e lutará para não ser rebaixado no Carioca.

RIO DE JANEIRO
Renan Ribeiro

A temporada do Bonsucesso no Campeonato Carioca vai sendo a mais aterrorizante desde o retorno à elite do futebol do estado. Sem ainda vencer em 2016, o clube presidido por José Simões vem sofrendo com penas no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro que já colocaram o Rubro-Anil ao lado do Tigres do Brasil como times que disputarão o ‘Grupo da Morte’ que irá definir os rebaixados para a Segunda Divisão.

A decisão se deve pela escalação irregular de atletas na primeira rodada contra o Resende. De acordo com a Procuradoria, a equipe comandada por Mário Marques estreou na competição com oito jogadores sem condições de partida. O departamento jurídico do clube, entretanto, conseguiu diminuir e reconhecer apenas três atletas irregulares.

A punição ao Bonsucesso foi severa com três pontos a menos na tabela de classificação e como só havia empatado com o Macaé, o Leão da Leopoldina hoje aparece com -2 pontos de saldo no Grupo B.

12325099_1068919336502172_1570490263_n
Zeca Simões, presidente do Bonsucesso F.C. (Foto: futrio.net)
O clube ainda tentará recorrer da decisão, mas neste momento, já integra o Grupo da Morte que também conta com o Tigres (-3 pontos) para definir os rebaixados. A sorte do clube é que na próxima fase, todos os quatro clubes entram zerados para se enfrentarem. Os dois piores terão a árdua missão de jogar a Série B em 2017.

Além da perda dos pontos, o Bonsucesso também foi punido no bolso. O clube terá que pagar sete mil e duzentos reais de multa. Além disso, terá que desembolsar mais R$ 600 por atrasar o início de jogo contra o Fluminense. Especula-se que a diretoria exigiu mudanças na equipe justamente por jogadores que foram relacionados estarem irregulares no Boletim Informativo Diário da CBF e no Boletim Informativo de Registro de Atletas da Federação de Futebol do Rio.

O Bonsucesso visita a Portuguesa no Estádio Luso Brasileiro nesta quinta-feira (25) às 16h. Apesar da situação delicada, o técnico Mário Marques segue no clube. Ao contrário de outros anos, os investimentos no Bonsuça em 2016 foram pequenos mesmo com a cota maior dos direitos de transmissão pelo terceiro ano consecutivo na elite.
Renan Ribeiro é jornalista, mora em Bonsucesso há 20 anos, e escreve para o Pauta de Bonsucesso.

Achou essa notícia útil? Nos envie a sua. Você pode ser autor de uma notícia aqui ou apenas enviar uma sugestão. Nossa equipe vai até o local apurar os fatos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s