Bonsucesso vence o Tigres e leão ruge mais alto no Carioca

Clube da Leopoldina se garante na elite em 2017 em rodada dramática.

 

PorRenan Ribeiro, ABR. 22, 2016

 

Com a estrela de Deivison e a tradição acima de tudo, o Bonsucesso permaneceu na elite do futebol carioca em 2016. O Leão da Leopoldina rugiu mais alto que equipes também tradicionais do cenário no Rio de Janeiro na última rodada da Taça Rio e conseguiu vencer a sua partida diante do Tigres por 2 a 1, em Moça Bonita, superando na pontuação o Friburguense e o América.

Matheus Pimenta e Deivison marcaram para o Rubro-Anil, que chegou a oito pontos na sexta colocação, e Giovanni descontou para o time da Baixada Fluminense, que concluiu o Grupo D em terceiro com 11 pontos, fora das semifinais.

Com o apoio sempre constante dos torcedores, o Bonsucesso entrou em campo pressionado pelo resultado e ligado nas demais partidas que aconteciam no mesmo horário para continuar na Série A.

Nervoso, o Cesso pecava nos passes e nas conclusões a gol. Tanto que foi o Tigres que criou a primeira chance clara no jogo. Fabiano Alves saiu na cara do goleiro Bruno Miranda, filho do ex-preparador de goleiros do Flamengo, Wagner Miranda, mas foi o volante Julio Cesar Pit, que salvou o time se jogando para colocar a bola para escanteio. No lance, o jogador acabou se machucando e foi substituído.

A parada técnica serviu para o técnico Toninho Andrade arrumar a casa, tanto que saiu o gol. Mateus Pimenta recebeu belo passe de Marcos Junior e colocou o Bonsucesso na frente: 1 a 0.

O problema é que o nervosismo do time continuava e a zaga falhou minutos depois com Giovanni deixando tudo igual. 1 a 1.

Na volta do intervalo, o Bonsucesso sabia que o empate não garantia o clube na Primeira Divisão e o ímpeto para conseguir a vitória por pouco não atrapalhou os planos.

Aos 19 do segundo tempo, Cleriston recebeu o segundo amarelo e foi expulso depois de matar um contra-ataque. Com menos um parecia ser uma tarefa impossível para o time da Leopoldina.

Mas depois de tanto insistir, o predestinado atacante Deivison marcou o segundo do Bonsucesso no melhor estilo centroavante. 2 a 1. O time se segurou até o fim e com a virada do Macaé sobre o América e a derrota do Friburguense para a Portuguesa na Ilha do Governador por 1 a 0, o clube se garantiu ao lado dos grandes Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo no Cariocão 2017.

O TÉCNICO DESABAFOU

“Quando apareceu esse convite do Bonsucesso, resolvemos pegar esse desafio. Eu não tinha nada a perder porque já estava em uma situação ruim. Se eu conseguisse deixar o Bonsucesso na Primeira Divisão, de certa forma apagaria meu início de campeonato ruim no Macaé. Foi nisso que me dediquei e trabalhei. Colocamos o emocional do grupo no lugar, principalmente nos resultados. Encontrei um grupo que estava abatido pelos resultados, o que é normal, quando você perde um jogo, fica abatido. Mas, principalmente, querendo sair dessa situação. Não aceitavam o que estava acontecendo. Tivemos a oportunidade de trabalhar com um grupo que queria mudar, nós (comissão técnica) também, isso casou bem. Pode parecer pouco para um Bonsucesso fugir do rebaixamento, mas pra gente foi como um título”, disse o treinador ao FutRio.net

Para assistir ao vídeo dos gols, clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s